quinta-feira, 15 de maio de 2014

RESENHA: "O Lado Bom da Vida"

Olá alunos e amigos leitores do nosso Blog!
Hoje quero compartilhar com vocês uma leitura que acabo de fazer, o livro me foi emprestado por uma aluna do 2º ano de Administração Integrado, ela adora ler, assim como nós aqui... Estamos sempre trocando figurinhas, quer dizer livros e opiniões sobre eles. Então aqui estão minhas impressões sobre essa estória linda e emocionante, o personagem principal mesmo parecendo ingênuo e frágil com seus altos e baixos, acaba se mostrando forte e determinado. Um livro encantador do início ao fim.

O LADO BOM DA VIDA

     Narrado pelo personagem principal Pat Peoples, um ex-professor de mais ou menos 30 anos, que acaba de sair de uma Instituição para Doentes Mentais. Sua memória dos últimos quatro anos se apagou devido a um grande choque emocional, uma decepção. Seu único objetivo ao sair da internação é reencontrar sua amada esposa Niki e reconstruir sua vida ao lado dela porque ele acredita em finais felizes.
     Mas as coisas não serão nada fáceis para ele. De volta na casa dos pais porque Niki estabeleceu "um tempo separados" e ele não tem autorização sequer de ligar para ela. O pai é um sujeito agressivo que mal fala com ele, e seu humor depende diretamente do resultado do jogo de seu time de Futebol Americano. Pat faz de tudo para não confrontar o pai porque ele "está praticando ser gentil em vez de ter razão", é uma das coisas que Niki espera dele para pôr fim ao "tempo separados".
     O irmão mais novo de Pat se casou enquanto ele esteve fora e ele se recusa a acreditar que tenha passado tanto tempo internado no "lugar ruim". Sua mãe, seus amigos  e seu novo terapeuta fazem de tudo para que ele se reintegre à sociedade e possa ter uma vida normal, porém ninguém quer falar sobre o passado e sobre Niki, o que o deixa um pouco frustrado e infeliz, às vezes.
     Mas em meio a tudo isso aparece Tiffany, irmã mais nova de sua vizinha, uma moça com sérios problemas e saindo de uma depressão profunda pela perda repentina de seu marido, juntos eles vão encontrar sentido para o imenso vazio que sentem.

 

Espero que gostem dessa leitura assim como eu, que me apaixonei pelo enredo e pelo adorável Pat Peoples.

2 comentários:

Raul Lagos disse...

Já tinha ouvido comentários sobre este livro, agora depois de ler esta tua resenha, embora seja difícil de encontrar por aqui, vou ter que comprar pra ler, é o tipo de história que gosto, obrigado pela dica Deise..

deise disse...

Olá Raul!
Fico feliz que tenha aproveitado nossa dica de leitura. Quando terminar passe por aqui para nos dizer o que achou. Ok?